CTLF Corpus de textes linguistiques fondamentaux Imprimer Retour écran
Menu CTLF Notices Bibliographie Images Textes Articles

3324_pt_Coelho_T02 (Coelho, Francisco Adolfo)

| Texte | TableFiche |

[Noções elementares de grammatica portugueza

Prefação

Não cabe nos estreitos limites d’uma prefação
justificar as diversas innovações que apresenta este
livrinho, já nas doutrinas, já na exposição, innovações
que são apenas um primeiro passo para outras
que, segundo o nosso entender, convém realisar no
dominio do ensino grammatical, logo que o terreno
esteja sufficientemente preparado.

Aproveitámo-nos para o nosso trabalho das
publicações dos grammaticos que teem tido por
objectivo a lingua portugueza e dos quaes mencionaremos
em particular os snrs. Epiphanio Dias e
Julio Ribeiro, comquanto as doutrinas que elles
adoptam nos fossem pela maior parte conhecidas
ha muito das fontes a que recorreram ; é certo porém
Vque esses dois auctores averiguaram muitos
factos da lingua de modo mais completo que seus
predecessores e que o primeiro apresentou pela
primeira vez entre nós modos de ver que se oppunham
á velha rotina em que se immobilisara o ensino
grammatical e contribuiu sobretudo para a organisação
da syntaxe.

Se tivessemos apenas que repetir esses e outros
grammaticos que se occuparam da lingua nacional,
não teriamos vindo hoje accrescentar mais um numero
á litteratura escolar portugueza, em que ha
tanta coisa inutil e até prejudicial ; mas os nossos estudos
especiaes de longos annos levaram-nos a ideias
theoricas diversas em parte das d’esses grammaticos
e a modificar tambem ou completar em diversos
pontos a simples exposição dos factos da lingua. Dois
opusculos que preparamos para a publicidade apresentarão
os argumentos que cremos justificam as
innovações que adoptámos e as que julgamos devem
ser subsequentemente adoptadas : um d’esses opusculos
tem por objecto as doutrinas grammaticaes ;
outro o methodo d’ensino d’essas doutrinas.

Talvez as innovações adoptadas achem, pelo
menos em parte, a approvação d’alguns membros do
professorado ; a outros é possivel causem extranheza
e alguns habituados a modos de ver diversos,
regeitá-las-hão in limine. Aos primeiros os opusculos
annunciados darão pouca novidade ; aos segundos
pedimos que os leiam com attenção e depois
julgem o que se lhes affigurou extranho ; aos ultimos
emfim, diremos sómente que não temos de
VImodo nenhum a aspiração que o grande apostolo
S. Paulo exprimiu naquellas palavras : Cupio omnes
fieri qualis et ego sum
. Nem todos podem pensar da
mesma maneira e o futuro só poderá dizer desafogadamente
de que lado está a verdade.

A critica objectiva, inteiramente impessoal
honrar-me-ha e terá a minha replica ou adhesão.
A’ critica pessoal que para ahi se pratica todos os
dias e que julga que o insulto é argumento não responderei
jamais.

Lisboa, 12 de setembro de 1891.VII